Horário de verão começa dia 21, sem a BA

O horário de verão começa à zero hora do dia 21. Os relógios serão adiantados em uma hora nas Regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e no Distrito Federal. A novidade é que a Bahia fica de fora.

TIAGO DÉCIMO / SALVADOR, O Estado de S.Paulo

12 Outubro 2012 | 03h03

As reclamações da população, preocupada com a violência, e um apelo do candidato do PT à prefeitura de Salvador, Nelson Pelegrino, levaram o governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), a voltar a tirar o Estado do horário de verão. Entre 2003 e 2010, o procedimento não havia sido adotado pelo Estado, por causa da grande rejeição da população à medida. No ano passado, a Bahia havia voltado a seguir o horário de verão, depois de empresários reclamarem de problemas logísticos diversos por causa da diferença de horário com outras regiões do País.

Neste ano, Wagner já havia dito que adotaria o adiantamento dos relógios. Na noite de domingo, porém, pouco depois de passar para o segundo turno na eleição para Salvador, Pelegrino disse que tentaria convencer o governador a não adotar o horário de verão - o que ocorreu ontem. A principal queixa da população refere-se à falta de segurança na hora de sair de casa para o trabalho, com a cidade às escuras.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.