Hopi Hari terá de pagar indenização a servidor

O parque de diversões Hopi Hari, em Vinhedo, terá que pagar uma indenização de R$ 500 mil por submeter trabalhadores à revista íntima e à revista de armários, bolsas e outros pertences. O Tribunal Regional do Trabalho, em Campinas, manteve condenação contra o parque. O caso aconteceu em 2010, após um trabalhador do Hopi Hari alegar violações trabalhistas, entre elas a revista íntima que o teria deixado nu.

O Estado de S.Paulo

07 de fevereiro de 2013 | 02h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.