Homens armados invadem convento em Campinas

Uma das freiras conseguiu avisar a polícia e dois foram presos, um deles menor de idade

Tatiana Fávaro, O Estado de S. Paulo

21 Fevereiro 2011 | 17h57

CAMPINAS - Dois homens armados invadiram o Convento da Comunidade São José, em Campinas, na tarde de domingo e, após fazerem um funcionário refém, tentaram roubar dinheiro e objetos pessoais das freiras. Segundo informou a Polícia Civil, um dos homens possuía um revólver calibre .38 e o outro, uma faca.

 

Em entrevista ao portal da Rede Anhanguera de Comunicação no domingo, a irmã Ignês Maria Pezini, de 70 anos, contou que os suspeitos disseram ao porteiro que tinham ido buscar uma doação. Era por volta de 15 horas do domingo. O porteiro foi rendido e levado até onde estavam as freiras. "Ele entrou e disse: quero dinheiro, cadê o escritório? E eu disse: não tem escritório, e ele disse: vai buscar o dinheiro", contou a irmã. As freiras juntaram R$ 160 e entregaram aos suspeitos, que levaram também um celular.

 

"Uma irmã chamou a polícia e quando a polícia chegou acho que eles ouviram o barulho e foram embora", disse. Os suspeitos foram capturados em tentativa de fuga, ainda bem perto do local. Um dos dois suspeitos é menor de idade e foi encaminhado à Fundação Casa. O maior de idade foi mandado para a cadeia do 2º Distrito Policial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.