Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

Homenagem de familiares marca quatro anos de acidente da TAM

Voo JJ 3054 da companhia aérea não conseguiu desacelerar na pista de Congonhas, matando todos os passageiros a bordo, em 2007

, O Estado de S.Paulo

17 Julho 2011 | 00h00

SÃO PAULO - Familiares e amigos das 199 vítimas do voo JJ 3054 da TAM marcaram para este domingo, 17, uma homenagem no local do acidente, na frente do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Também será oficializado convênio com a Prefeitura para a construção de um memorial. A tragédia completa hoje quatro anos. Ontem, foi realizada uma missa na Catedral da Sé, que contou com a presença de cerca de 180 pessoas, entre familiares e amigos das 199 vítimas do acidente com o A320 da TAM.

 

O acidente

No dia 17 de julho de 2007 o voo JJ 3054 da TAM decolou do Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, em direção a São Paulo. O aeronave pousou por volta das 18h40 no aeroporto de Congonhas, na capital, mas não desacelerou durante o percurso da pista, atravessou a avenida Washington Luís e se chocou contra um prédio da própria empresa e pegou fogo. No avião estavam 187 pessoas e, nas proximidades do local do acidente, 12. Todas morreram.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.