Homenagem à Revolução de 1932 leva milhares ao Ibirapuera

Por causa dos desfiles, o trânsito na região do Parque do Ibirapuera foi bloqueado

Vitor Hugo Brandalise e Elvis Pereira, O Estado de S. Paulo e estadao.com.br

09 de julho de 2008 | 11h52

Foi iniciada às 9h15 desta quarta-feira, 9, no Ibirapuera, na zona sul da capital, a comemoração do 76º aniversário da Revolução Constitucionalista de 1932. O vice-governador de São Paulo, Alberto Goldman, comandou a cerimônia de homenagem aos combatentes na revolução. O prefeito Gilberto Kassab (DEM), que tenta se reeleger, também acompanhava o evento. Até as 13 horas, devem desfilar representantes de entidades civis, de escolas, da Guarda Municipal, das Forças Armadas e da Polícia Militar.  Veja também: Acompanhe a situação do trânsito rua-a-rua Entenda as novas medidas contra o trânsito Conheça o histórico do trânsito na cidade Confira o que abre e o que fecha no feriado de 9 de JulhoAté 95 mil carros devem descer para litoral de SP neste feriadoTempo seco deixa o céu aberto em São Paulo no feriado Para os desfiles, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) bloqueou a Avenida Pedro Álvares Cabral, entre a Praça Armando de Salles Oliveira e o Portão 3 do Parque do Ibirapuera, e a Rua Padre Manoel da Nóbrega, entre as praças Dia do Senhor e Armando Salles de Oliveira. Até o fim desta manhã, o Centro de Operações da PM não tinha estimativa de quantas pessoas assistiam aos desfiles.

Tudo o que sabemos sobre:
feriado9 de Julhodesfile cívico

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.