Homem vendia notebooks falsos feitos de madeira no Brás

Produtos estavam embalados em plástico bolha e preço inicial era de R$ 2 mil

Marcela Bourroul Gonsalves, Central de Notícias

15 Outubro 2011 | 11h22

São Paulo, 15 - A Polícia Militar prendeu na manhã deste sábado, 15, um homem que vendia notebooks falsos na Rua Oriente, no Brás, região central de São Paulo. Ele usava tábuas de madeira, teclados de borracha e fotos imitando telas para construir produtos semelhantes a notebooks e tablets. Depois, ele os embrulhava em plástico bolha e os embalava.

O golpe foi descoberto após duas mulheres tentarem comprar os supostos computadores. Ao abrirem as caixas, perceberam o problema e avisaram os agentes de fiscalização. Elas iriam adquirir os produtos por R$220,00 cada, após negociarem o preço inicial de R$2 mil. O vendedor foi preso por estelionato e o caso foi registrado no 8º DP (Brás).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.