Homem suspeito de fugir com dinheiro da noiva se apresenta em Ribeirão

Pedreiro é acusado de ter deixado mulher às vésperas do casamento, com R$ 19 mil; ele nega

Priscila Trindade, da Central de Notícias

21 de julho de 2010 | 17h51

SÃO PAULO - O pedreiro Antônio Mondim, de 47 anos, suspeito de abandonar a noiva, de 49 anos, às vésperas do casamento e de fugir com R$ 19 mil, um carro e uma moto dela, apresentou-se nesta quarta-feira, 21, no 3º Distrito Policial de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo.

 

Mondim negou as acusações feitas por sua noiva e disse que parte dos bens supostamente furtados pertence a ele. Na última sexta-feira, 16, a mulher registrou boletim de ocorrência no 3º Distrito Policial da cidade.

 

Na ocasião, ela relatou ter passado o dia em um salão de beleza se preparando para o casamento. Ao retornar para sua casa à noite, ela notou que seu companheiro havia sumido com R$ 19 mil em dinheiro, um carro e uma moto que ela diz que lhe pertence.

 

A Polícia Civil informou que irá instaurar inquérito policial para apurar o caso. A noiva do pedreiro deve ser ouvida até sexta-feira, 23.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.