Homem rapta e mata sócio em Santo André

A polícia encontrou ontem em Santo André, no ABC Paulista, o corpo do coordenador da Telefônica Fábio Simon de Oliveira, de 40 anos, desaparecido desde o dia 22 de janeiro. As investigações apontam que ele foi assassinado a enxadadas pelo seu sócio num lava-rápido, Claudinei José do Rosário, de 34 anos, após ceder senhas bancárias e assinar cheques.

O Estado de S.Paulo

05 Outubro 2011 | 03h05

Também participou do crime Eliseu Francisco de Araújo, de 25 anos, que foi encontrado pela polícia na última quinta-feira, em Jaguariúna (SP). Na tentativa de esconder o corpo, eles chegaram a jogar ácido sobre os restos mortais de Oliveira. Rosário está foragido. "Ele é procurado também por dois homicídios cometidos no Ceará", diz a delegada responsável pelo caso, Lucy Mastellini Fernandes. /WILLIAM CARDOSO

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.