Reprodução
Reprodução

Homem que esfaqueou pastor vai aguardar julgamento preso, determina Justiça de SP

Jonatan Gomes Higino foi preso em flagrante após esfaquear o pastor Valdemiro Santiago durante um culto neste domingo. Santiago foi atingido nas costas e no pescoço, mas já recebeu alta

Paula Felix, O Estado de S. Paulo

09 Janeiro 2017 | 18h58

SÃO PAULO - A Justiça de São Paulo determinou em audiência de custódia nesta segunda-feira, 9, que o ajudante-geral Jonatan Gomes Higino, de 20 anos, vai aguardar julgamento preso. Ele foi preso em flagrante após esfaquear o pastor Valdemiro Santiago, de 53 anos, durante um culto neste domingo. Santiago, que é líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, foi atingido nas costas e no pescoço, mas já recebeu alta.

O ataque ocorreu por volta das 7h30 no Brás, na região central. Higino utilizou um facão e informou aos policiais que cometeu o crime porque se sentiu ameaçado após ouvir o pastor dizer, em um culto, que iriam crucificá-lo. Ele foi acusado de tentativa de homicídio.

Santiago foi encaminhado para o Hospital Sírio-Libanês e, segundo o hospital, foi liberado ainda no domingo. “Acabando de ouvir um milagre, um testemunho, entrou alguém, não sei quem é, não vi, por trás, e deu uma facada no pescoço, ou uma navalha, não sei. Mas fiquem tranquilos, porque só vai quando Deus quer”, afirmou o religioso, em uma das gravações divulgadas em redes sociais.

"Se Deus não quer, não vai. Eu  volto aí pra vocês, para abençoar vocês, em nome de Jesus. Orem por mim ”, disse o líder, que pediu orações e perdão a quem cometeu o ato."Eu perdoo a pessoa que fez isso. Ela carece de perdão, de misericórdia de Deus. Não sei quem é, mas tá perdoada e quem mandou também”. Familiares de Santiago postaram fotos que mostram que o corte foi profundo.

Santiago fundou sua própria denominação evangélica em 1998, depois de romper com Edir Macedo, da Igreja Universal do Reino de Deus, e é hoje um dos pastores mais populares do País.

A Igreja Mundial do Poder de Deus já conta com 4,5 mil templos no Brasil e no exterior. O crescimento se deve em parte à presença de Santiago na mídia - ele tem dois canais de TV 24 horas . O ataque foi transmitido ao vivo.

Mais conteúdo sobre:
Valdemiro Santiago violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.