Homem nega ter furtado noiva

RIBEIRÃO PRETO

, O Estado de S.Paulo

22 de julho de 2010 | 00h00

O pedreiro Antônio Mondim, de 47 anos, suspeito de abandonar a noiva, de 49 anos, às vésperas do casamento e de fugir com R$ 19 mil, um carro e uma moto dela, apresentou-se ontem no 3.º DP de Ribeirão Preto. Ele negou as acusações e disse que parte dos bens supostamente furtados pertence a ele. A mulher registrou boletim de ocorrência na sexta-feira, quando voltou para casa e notou o furto - o casamento seria no sábado. A Polícia Civil informou que vai instaurar inquérito para apurar o caso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.