Homem morre em tiroteio com a Rota após roubar casa de delegado em SP

Duas pessoas estavam no local no momento da invasão e chamaram a polícia, que prendeu outros três bandidos; joias, roupas e objetos das vítimas foram recuperados

Priscila Trindade, estadão.com.br

11 de agosto de 2010 | 19h08

SÃO PAULO - Um homem morreu após trocar tiros com policiais da Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) nesta quarta-feira, 11. Segundo a Polícia Militar (PM), o suspeito foi baleado depois de invadir com outros três comparsas a casa de um delegado da Polícia Federal, no Butantã, Zona Oeste de São Paulo.

 

De acordo com a PM, havia duas pessoas no local no momento em que os quatro homens entraram no imóvel localizado na Rua João Della Manna.

 

Com a chegada da polícia, dois bandidos fugiram em um veículo e dois tentaram escapar pulando o muro da casa. Os agentes cercaram a área e prendeu três dos assaltantes.

 

Policias da Rota encontraram o quarto suspeito, que estava armado. Ele atirou na viatura e, no revide, foi baleado. O homem chegou a ser levado a um hospital da região, mas não resistiu.

 

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), foram recuperadas joias, roupas e objetos das vítimas, além de uma arma usada pelo grupo. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.