Homem morre eletrocutado por fios de poste na zona sul de SP

A polícia trabalha com a hipótese que ele tentava fazer uma ligação clandestina ou roubo de cabos

Bruno Lupion, Estadão.com.br

31 Março 2011 | 08h37

SÃO PAULO - Elson Coelho da Silveira, de 36 anos, morreu eletrocutado após subir em um poste da Rua Padre Bento Ibañez, altura do nº 60, na Vila Santa Catarina, zona sul da capital, por volta da uma hora desta quinta-feira, 31. Ele ocupava um imóvel abandonado a poucos metros do acidente e os vizinhos acreditam que tentava fazer uma ligação clandestina quando levou o choque, de cerca de 13 mil volts. Seu corpo ficou pendurado nos fios, a sete metros do chão.

 

"Estava vendo televisão, ouvi um pipoco e saí na rua. Ele já estava desacordado, com o corpo pendurado pela perna direita", disse Rodrigo Amorim da Silva, comerciante de 27 anos. Ele acionou a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros, que constatou a morte no local.

 

Algumas horas antes, Elson tinha ocupado uma residência abandonada naquela rua, acompanhado de uma mulher e duas crianças pequenas, segundo os vizinhos. Na frente da casa, a vítima estacionou um GM Chevette adaptado para transportar papelão, no qual os policiais também encontraram cabos elétricos e alicates.

 

"Nosso médico subiu de elevador até a vítima e constatou o óbito", disse o tenente dos bombeiros Sidnei Alves. Equipes da Eletropaulo auxiliaram na retirada do corpo.

 

Segundo o funileiro José Eduardo de Oliveira, 19 anos, que mora em frente ao poste, o imóvel ocupado por Elson foi interditado há três anos pela Prefeitura e, desde então, virou foco de problemas na região. "Na semana passada expulsei usuários de droga de lá", disse.

 

A polícia não localizou a mulher e as crianças na casa e também investiga a hipótese de roubo de cabos. O caso foi registrado no 43º Distrito Policial, em Cidade Ademar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.