Homem morre carbonizado em São Paulo

Bombeiros foram acionados para controlar o incêndio, mas já encontraram a vítima morta

23 de dezembro de 2007 | 08h14

O servente de pedreiro Gilmar Soares da Silva, de 41 anos, foi encontrado carbonizado em São Paulo no final da noite deste sábado, 22. Parentes acreditam que a vítima tenha esquecido o cigarro ou uma vela acesa.   Bombeiros foram chamados para controlar o incêndio na Chácara Inglesa, zona oeste da cidade. Gilmar já estava morto quando foi encontrado pelos bombeiros.   Familiares de Gilmar, que dividem com ele o imóvel de dois cômodos, não estavam na casa no momento em que o fogo teve início, mas acreditam que Gilmar estivesse dormindo e tenha esquecido cigarro ou vela acesa.   A casa ao lado teve de ser esvaziada pelos bombeiros, mas não foi danificada pelas chamas. As causas do incêndio ainda serão investigadas pela perícia.

Tudo o que sabemos sobre:
INCÊNDIOCARBONIZADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.