Homem morre atropelado na Rodovia Anhanguera em Cajamar

Motorista não parou para prestar socorro; faixa 2 da via continua bloqueada

Ricardo Valota, da Central de Notícias,

29 de junho de 2010 | 23h15

SÃO PAULO- Um pedestre morreu atropelado, por volta das 21 horas desta terça-feira, 29, no momento em que tentava atravessar a pista sentido capital da Rodovia Anhanguera, no km 30, em Cajamar, na região oeste da Grande São Paulo.

 

A vítima, identificada como Claudinei Alves de Oliveira, de 38 anos, morreu no local ao ser atingida por um veículo Nissan, cujo motorista, filho de um funcionário de alto cargo da concessionária Autoban - que administra o Sistema Anhanguera-Bandeirantes - não parou para prestar socorro.

 

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o motorista do Nissan trafegou por mais quatro quilômetros e informou o ocorrido a funcionários da praça de pedágio, localizada no km 26. Segundo ainda a PRE, próximo ao local do acidente, apesar de não haver passarela, existe um viaduto utilizado como retorno pelos veículos.

 

Até as 23 horas, o corpo de Oliveira ainda estava no local à espera da perícia e do carro de cadáver. A faixa 2 da rodovia continua bloqueada, mas não há congestionamento. A assessoria de imprensa da Autoban, segundo o Centro de Controle Operacional (CCO) da concessionária, estava inacessível no final da noite e só pela manhã de quarta-feira, 30, seria possível contato com o departamento de comunicação social da empresa.

 

Tudo o que sabemos sobre:
morteatropelamentoAnhangueraCajamarSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.