Reprodução/Prefeitura de Porto Ferreira
Reprodução/Prefeitura de Porto Ferreira

Homem morre após salvar cachorro de incêndio

Durante o resgate, dono inalou muita fumaça, mas animal sobreviveu; incidente ocorreu em Porto Ferreira, no interior paulista

Paulo Beraldo, O Estado de S.Paulo

14 Setembro 2017 | 18h30

SÃO PAULO - Um homem morreu na tarde desta quinta-feira, 14, após tentar salvar seu cachorro de estimação em um incêndio em sua casa em Porto Ferreira, a 252 quilômetros de São Paulo. 

O Corpo de Bombeiros relatou que o animal estava preso em uma coleira no quintal, quando o homem teria visto o incêndio em seu quintal e tentou salvá-lo. Ao socorrer o cachorro, o homem inalou muita fumaça e ficou inconsciente. 

Vizinhos pularam o muro, resgataram o homem desacordado e chamaram os Bombeiros. 

O homem chegou a ser socorrido, mas teve parada cardíaca ao chegar ao hospital. A identidade e sua idade não foram divulgadas. O cachorro foi salvo. 

O clima quente e seco no Estado de São Paulo nos últimos dias tem agravado os casos de incêndio, principalmente em matas. De janeiro a agosto, os Bombeiros registraram 19.839 casos de incêndio em vegetação no Estado. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.