Homem morre após ser atingido por raio na zona norte de São Paulo

Acidente aconteceu no começo de tempestade; chuva derrubou pelo menos 20 árvores eprovocou alagamentos

Paula Felix, O Estado de S. Paulo

09 Novembro 2015 | 19h23

Atualizada às 21h31

SÃO PAULO - Um homem morreu após ser atingido por um raio na tarde desta segunda-feira, 9, na Avenida Elísio Teixeira Leite, na Brasilândia, zona norte da capital. Segundo vizinhos da vítima, o homem fazia reparos no telhado de casa quando começou uma tempestade. Ele ainda estava sobre as telhas quando foi alvo da descarga elétrica. Moradores chamaram os bombeiros e ligaram para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O acidente teria acontecido por volta das 15 horas. A reportagem não teve acesso à identidade da vítima. “Foi trágico. Na hora do raio, a chuva estava muito forte. Tinha muita gente gritando”, disse uma moradora que não quis se identificar.

Cinco viaturas do Corpo de Bombeiros se deslocaram para o ponto do acidente. No local, segundo a corporação, as equipes constataram que a vítima tinha sofrido uma parada cardíaca e a levaram para o pronto-socorro do Hospital Geral de Taipas, também na zona norte. O homem não resistiu e morreu.

A chuva que atingiu a capital causou transtornos em várias regiões da cidade. Segundo balanço da Secretaria Municipal de Coordenação das Subprefeituras, 20 árvores caíram desde a madrugada até as 18 horas desta segunda-feira.

Foram registrados sete pontos de alagamento em todas as regiões da capital, de acordo com o levantamento do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE). Às 20h25, um trecho da Marginal do Tietê, no sentido Castelo Branco, permanecia inundado.

Raios. Segundo Marcelo Pinheiro, meteorologista da Climatempo, a chuva acompanhada por raios é comum nesta época do ano. “Essas descargas elétricas costumam acontecer neste período. Elas são resultantes do calor, da alta umidade do ar e da diferenciação de cargas dentro das nuvens. Daqui para frente, vai ser mais comum isso acontecer.”

Pinheiro explica que as pessoas devem evitar locais descampados, árvores e o mar ao se deparar com uma tempestade com raios. “A população deve se precaver e não ficar exposta. Deve ficar em casa ou em algum lugar protegido, evitando as árvores, porque elas podem atrair raios.”

De acordo com o meteorologista, há previsão de pancadas de chuva na tarde desta terça na capital. “As chuvas serão acompanhadas de trovoadas e rajadas de vento. A mínima será de 20°C e a máxima, de 30°C”, diz Pinheiro.

Para amanhã, está prevista a chegada de uma frente fria, que pode causar chuva de granizo em algumas regiões da capital, segundo o meteorologista.

Mais conteúdo sobre:
São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.