Divulgação
Divulgação

Homem mata seis em boate de prostituição no interior

A dona do local, a neta, um segurança e clientes estão entre as vítimas do atirador; caso aconteceu em Jaboticabal

Rene Moreira, Especial para o Estado

22 Dezembro 2016 | 10h18

FRANCA - Um homem matou seis pessoas em uma boate no final da noite desta quarta-feira, 21, em Jaboticabal, no interior de São Paulo. O acusado, William Roberto Ferreira Costa, de 27 anos, seria cliente do local e teria se irritado porque a garota de programa que ele procurava já estava com outra pessoa, um empresário, e não poderia atendê-lo. 

A partir daí, teve início uma confusão, ocasião em que ele foi ao carro, voltou armado e passou a atirar nas pessoas no interior do local, o Léo Drinks Bar. Depois fugiu, deixando para trás o próprio veículo, que foi apreendido.

Entre os mortos constam a dona do estabelecimento, uma mulher de 72 anos, sua neta de 29 anos, que trabalhava no local, um segurança, duas garotas e dois clientes, incluindo o empresário e a jovem que estava com ele e era procurada pelo autor dos disparos. 

A boate fica às margens da Rodovia José Pizarro. Quando começaram os tiros, várias pessoas fugiram correndo pela pista ou por um canavial ao lado. A polícia procura o acusado e investiga o caso.

Mais conteúdo sobre:
São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.