Aline Andrade Silva/Facebook
Aline Andrade Silva/Facebook

Homem mata mulher enforcada e depois comete suicídio em Sorocaba

Márcio Antonio de Oliveira Silva usou o fio de um abajur para tirar a vida de Aline de Andrade Silva

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

27 Novembro 2017 | 16h36

SOROCABA - Um homem usou um fio elétrico para enforcar e matar sua mulher, no fim da tarde deste domingo, 26, em Sorocaba, no interior de São Paulo. Após cometer o crime, ele fez uso de uma corda para tirar a própria vida. O corpo da gerente Aline de Andrade Silva, de 30 anos, foi encontrado em cima da cama, com o fio do abajur amarrado ao pescoço e outros sinais de violência. Na lavandeira da casa, policiais militares acharam o corpo do marido, o motorista Márcio Antonio de Oliveira Silva, de 31, pendurado à viga do telhado por uma corda. 

+++ Veterinário mata mulher durante banho e comete suicídio em Suzano

A polícia foi acionada pela mãe da vítima, que foi à residência do casal, no bairro Sorocaba Park, zona norte da cidade, e encontrou a porta aberta. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Sorocaba.

+++ Homem mata mulher em motel na Grande SP

Conforme a polícia, a perícia nos corpos e no imóvel devem confirmar se houve homicídio seguido de suicídio, como as evidências indicam. Os celulares de ambos foram recolhidos e também passarão por perícia. 

+++ Delegado mata mulher em Perdizes, na zona oeste de SP

O casal não tinha filhos. Aline trabalhava como gerente em um salão de beleza. Márcio era motorista de uma empresa de turismo e fretamento. O crime, seguido de suicídio, será investigado pela equipe do 8º Distrito Policial. A investigação vai ouvir os vizinhos e familiares sobre a possível motivação do desentendimento que resultou nas mortes.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.