Homem mata ex-mulher com facada no pescoço em Pirajuí

Casal estava separado e ex-marido não aceitava o fim do relacionamento; suspeito foi preso e enquadrado na Lei Maria da Penha

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

07 Agosto 2016 | 17h39

SOROCABA – A dona de casa Sueli Laurenes Lima, de 59 anos, foi morta com um golpe de faca no pescoço, no final da noite de sábado (6), na região central de Pirajuí, interior de São Paulo. O ex-marido dela, Nilson Florindo, que não teve a idade divulgada, foi preso em flagrante, acusado de ser o autor do crime.

De acordo com a Polícia Civil, ele foi enquadrado com base na Lei Maria da Penha, que neste domingo, 7, completou dez anos de vigência.

Segundo a polícia, o casal estava separado, mas Nilson não aceitava o fim do relacionamento. Ele esperou a mulher na saída da Igreja Nossa Senhora Aparecida e a atacou com a faca. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu.

Agressão. Em Presidente Prudente, também no interior paulista, um homem de 36 anos foi preso em flagrante depois de agredir com golpes de faca sua companheira, de 33 anos. O suspeito também tentou estrangular a vítima.

Parentes da mulher chamaram a polícia e, quando os policiais chegaram, o homem quebrou o celular da companheira alegando que ela estava usando o aparelho para contato com outros homens pelo aplicativo WhatsApp. Ele foi levado para a cadeia de Presidente Venceslau.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.