Homem mata ex-mulher após prendê-la por 16 h

O autônomo Cleomar Antônio da Silva, de 36 anos, matou ontem a ex-companheira, a balconista Luciana Rodrigues de Souza, de 28, e se suicidou, após mantê-la em cárcere privado por quase 16 horas em Guaíba, região metropolitana de Porto Alegre. Após uma discussão na casa dela, domingo à tarde, Silva fez Luciana refém. A polícia passou a noite tentando negociar a rendição. Ao amanhecer, os policiais ouviram três disparos e invadiram a casa. Os dois morreram a caminho do hospital. Tinham duas filhas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.