Homem mata ex-mulher a marretadas e a enterra no quintal em Jundiaí

Ajudante foi preso e confessou o crime; irmã da atual esposa dele foi quem acionou a polícia

O Estado de S. Paulo

23 Fevereiro 2014 | 13h46

Um homem matou a ex-esposa a marretadas e a enterrou no quintal em Jundiaí, no interior de São Paulo.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, a irmã da atual mulher dele foi quem acionou guardas municipais na sexta-feira, 21, informando que havia tomado conhecimento do crime. Ao comparecer à residência informada, no bairro Caxambu, os guardas repararam que, no quintal, havia um local onde a terra havia sido assentada recentemente. Ao escavarem, encontraram o cadáver.

Outra equipe da Guarda Metropolitana dirigiu-se então a um imóvel em Várzea Paulista onde, de acordo com informações de testemunhas, o ajudante Severino Francisco de Matos, de 47 anos, se preparava para fugir. Ali, foi preso e confessou informalmente a autoria do crime. A marreta usava para matar Pâmela Michele Casemiro também foi apreendida.

Em pesquisa no acervo da Polícia Civil constatou-se um boletim de ocorrência de desaparecimento de Pamela. O caso será investigado pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí.

Mais conteúdo sobre:
Jundiaí crime

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.