Homem mata ex-mulher a facadas e deixa dois feridos em Diadema

Filho e atual marido da vítima também foram atingidos e estão internados; suspeito fugiu

Solange Spigliatti, Central de Notícias

13 Dezembro 2010 | 12h28

SÃO PAULO - Um homem matou a facadas a ex-mulher e deixou duas outras pessoas feridas na madrugada desta segunda-feira, 13, em Diadema, no ABC paulista, e depois fugiu. O crime aconteceu por volta da meia-noite, quando o suspeito foi à casa de Jocilania Alencar Pereira, de 30 anos, em Caiema. Segundo vizinhos, o motivo do crime teria sido ciúmes.

 

Além da ex-mulher, o homem esfaqueou também o filho de Jocilania, de 9 anos, e o atual marido, um empresário, de 50 anos. A mulher e o filho foram levados para o Hospital Municipal de Diadema, onde Jocilania morreu. O marido foi encaminhado para o hospital estadual. A criança e o homem permanecem internados.

 

A ocorrência foi registrada no 3º DP de Diadema como homicídio qualificado consumado e tentativa de homicídio qualificado.

 

Violência doméstica. No domingo à tarde, o pintor Arlindo Pereira de Lima, de 33 anos, foi preso após agredir violentamente a mulher, a enfermeira Márcia Tapará, e acabar atingindo um dos socos na filha, de apenas 4 meses, em casa, na Rua Jaime Freitas Moniz, no Jardim Maria Rita, zona sul de São Paulo.

 

A criança foi encaminhada ao Hospital Geral do Grajaú e ainda está internada, mas fora de risco. A mãe da menina foi liberada e prestou depoimento no 102.º Distrito Policial, do Socorro. O filho de 12 anos do casal teria testemunhado tudo.

 

O agressor foi detido por PMs da 3ª Companhia do 27º Batalhão e autuado em flagrante por lesão corporal pelo delegado.

 

(Com Ricardo Valota, da Central de Notícias)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.