Homem mata ex-mulher a facadas e deixa dois feridos em Diadema

Filho e atual marido da vítima também foram atingidos e estão internados; suspeito fugiu

Solange Spigliatti, Central de Notícias

13 de dezembro de 2010 | 12h28

SÃO PAULO - Um homem matou a facadas a ex-mulher e deixou duas outras pessoas feridas na madrugada desta segunda-feira, 13, em Diadema, no ABC paulista, e depois fugiu. O crime aconteceu por volta da meia-noite, quando o suspeito foi à casa de Jocilania Alencar Pereira, de 30 anos, em Caiema. Segundo vizinhos, o motivo do crime teria sido ciúmes.

 

Além da ex-mulher, o homem esfaqueou também o filho de Jocilania, de 9 anos, e o atual marido, um empresário, de 50 anos. A mulher e o filho foram levados para o Hospital Municipal de Diadema, onde Jocilania morreu. O marido foi encaminhado para o hospital estadual. A criança e o homem permanecem internados.

 

A ocorrência foi registrada no 3º DP de Diadema como homicídio qualificado consumado e tentativa de homicídio qualificado.

 

Violência doméstica. No domingo à tarde, o pintor Arlindo Pereira de Lima, de 33 anos, foi preso após agredir violentamente a mulher, a enfermeira Márcia Tapará, e acabar atingindo um dos socos na filha, de apenas 4 meses, em casa, na Rua Jaime Freitas Moniz, no Jardim Maria Rita, zona sul de São Paulo.

 

A criança foi encaminhada ao Hospital Geral do Grajaú e ainda está internada, mas fora de risco. A mãe da menina foi liberada e prestou depoimento no 102.º Distrito Policial, do Socorro. O filho de 12 anos do casal teria testemunhado tudo.

 

O agressor foi detido por PMs da 3ª Companhia do 27º Batalhão e autuado em flagrante por lesão corporal pelo delegado.

 

(Com Ricardo Valota, da Central de Notícias)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.