Corpo de Bombeiros de São Paulo
Corpo de Bombeiros de São Paulo

Corpo de jovem levado por enchente em SP é encontrado por bombeiros

Vítima de 21 anos andava por ponte que cedeu e foi arrastada para córrego, no sábado, 12, conforme informou a SSP

Redação, O Estado de S.Paulo

12 de março de 2022 | 23h33

O Corpo de Bombeiros encontrou neste domingo, 13, por volta das 11h, sem vida, o corpo do jovem de 21 anos que estava desaparecido no bairro Iguatemi, na zona leste de São Paulo. A vítima foi arrastada por enchente após as fortes chuvas que atingiram a capital e as demais cidades da região metropolitana, na madrugada de sábado, 12. Desde então, equipes procuravam por ele em um piscinão do córrego Aricanduva.

Para a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo, uma dona de casa, de 42 anos, informou que, por volta das 9h, o jovem caminhava por uma ponte, que caiu. Com a queda, ele foi arrastado para dentro de um córrego. O Corpo de Bombeiros foi acionado e o caso registrado como desaparecimento.

As buscas começaram já na manhã do sábado. No entanto, às 18h, precisaram ser interrompidas devido às fortes chuvas. As equipes voltaram a buscare pelo jovem na manhã deste domingo. Às 11h06, os bombeiros localizaram o corpo que foi reconhecido por familiares.

Devido às fortes chuvas, entre as 4h e as 17h30, o Corpo de Bombeiros, na Região Metropolitana, atendeu a 49 chamados para queda de árvores, 13 para desabamento/desmoronamento e 55 para enchente, no sábado.

Conforme a Prefeitura de São Paulo, uma frente fria que avança lentamente pelo litoral paulista, organiza áreas de instabilidade sobre o Estado. Isso significa que o tempo deve seguir instável com chuvas na forma de pancadas. “O solo encharcado mantém elevado o risco para formação de alagamentos, transbordamento de rios e deslizamentos de terra nos próximos dias”, destacou, em nota.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.