Homem esfaqueia ex-namorada por ciúme e vai preso no Tremembé

A vítima, de 26 anos, foi operada e não corre risco de morrer; antes da tentativa frustrada de fuga, o agressor ameaçou se matar

Bruno Lupion, do estadão.com.br,

26 de agosto de 2010 | 07h49

 

SÃO PAULO - Um ano após o fim do namoro, Paulo Sérgio, de 41 anos, apareceu na casa da ex-companheira com uma faca em punho, visivelmente alterado por drogas, na noite desta quarta-feira, 25, no Tremembé, zona norte da capital. Inconformado com a separação, provocou uma briga, esfaqueou a garota de 26 anos e saiu correndo.

 

Na fuga, invadiu uma casa no Tucuruvi, também na zona norte e próximo ao local onde sua mãe mora, e subiu no telhado por volta da meia-noite. Foi cercado pela polícia e, com a arma em punho, ameaçava se esfaquear e pular. Sua mãe apareceu e tentou convencê-lo a se render, mas acabou repelida pelo filho. Após cinco horas de tensão, decidiu escapar pela rua de trás e foi preso.

 

"Ele amava a garota loucamente, não aceitou o fim do namoro e começou a abusar das drogas", disse a irmã de Paulo, chorando, após sua prisão. "Estava com ciúme mortal de um rapaz", contou. Segundo ela, a união entre ele a vítima durou quatro anos e os dois chegaram a morar juntos.

 

A garota trabalha como faxineira e mora sozinha em uma casa na Vila Mazzei. Foi socorrida pelos vizinhos, que ouviram seus gritos, e levada ao pronto-socorro do Mandaqui. Operada na madrugada desta quinta-feira, 26, não corre risco de morte.

 

Segundo a polícia, Paulo já foi condenado por roubo e furto e é egresso do sistema penitenciário. O crime foi registrado no 73º Distrito Policial, no Jaçanã.

 

Tudo o que sabemos sobre:
crimepassionalTremembé

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.