Homem esfaqueado na Avenida Paulista continua em estado grave

Duas pessoas foram atacadas por morador de rua nesta segunda-feira, em frente ao Museu de Arte de São Paulo (Masp)

Solange Spigliatti, Central de Notícias

12 de abril de 2011 | 13h14

SÃO PAULO - Continua internado em estado grave uma das vítimas esfaqueadas por um morador de rua, na tarde desta segunda-feira, 11, na Avenida Paulista.

 

Veja também:

link Duas pessoas são esfaqueadas na Avenida Paulista

som Rádio Estadão ESPN entrevistou o capitão da Polícia Militar de SP

 

Segundo a assessoria do Hospital das Clínicas, onde o homem está internado, ele passou por uma cirurgia no tórax por volta das 19 horas de ontem e permanece na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado grave, mas estável. Uma mulher, que também foi esfaqueada, foi atendida e liberada após levar várias pontos em áreas do rosto.

 

Os dois foram atacados por volta das 16h30, quando estavam em um ponto de ônibus, em frente ao Museu de Arte de São Paulo (Masp). O responsável pelo crime foi preso e encaminhado ao 78º DP, nos Jardins, onde será autuado por tentativa de homicídio. Segundo a polícia, ele era morador de rua e "surtou". O homem provavelmente estava sob o efeito de bebida e outras drogas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.