Homem é preso por fraudar conta de água

O dono de uma churrascaria no centro de São Paulo foi preso na terça-feira depois que a Sabesp constatou fraudes na marcação do hidrômetro. O estabelecimento consome por mês, em média, 180 mil litros de água, mas o medidor marcava apenas 38 mil. Agentes da Sabesp tiveram de pedir ajuda da polícia para que o comerciante, que não teve o nome divulgado, abrisse a tranca que guardava o hidrômetro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.