Reprodução/Google Street View
Reprodução/Google Street View

Homem é preso por agredir mulher em manifestação na Fernão Dias

Flagrante ocorreu na noite de quarta-feira na altura do km 89; segundo a Polícia Rodoviária Federal, ambos foram encaminhados para o 2ºDP de Guarulhos

Renata Okumura, O Estado de S.Paulo

24 Maio 2018 | 12h41

SÃO PAULO - Durante as manifestações de caminhoneiros, um homem de 36 anos foi preso na noite de quarta-feira, 23, acusado de agredir uma mulher na rodovia Fernão Dias. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ele é reincidente.

A ocorrência foi registrada por volta das 19h na altura do km 89, no momento em que policiais rodoviários federais atuavam na liberação de pista interditada na região. Os policiais perceberam as agressões que ocorriam dentro de um carro de passeio onde estava o casal e foram na intervenção, dando voz de prisão ao homem. 

+ Caminhões só suspenderão greve se projeto do PIS/Cofins for aprovado

Ele e a mulher, também de 36 anos, foram levados ao 2º DP de Guarulhos. O homem foi preso pelo crime de lesão corporal, agravado pela proteção da Lei Maria da Penha (11.340/2006), cuja pena prevista é de até três anos de reclusão.

+ Entenda a alta nos combustíveis e o protesto dos caminhoneiros

Mais conteúdo sobre:
agressão física greve caminhoneiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.