Homem é preso no banho após matar mulher a facadas no interior de São Paulo

Jefferson Gutierrez Fossa desferiu várias facadas na mulher e depois tentou cortar o próprio pescoço

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

21 de outubro de 2018 | 18h55

SOROCABA – Um homem foi preso durante o banho após assassinar a mulher a facadas, na madrugada deste domingo, 21, em Itapira, no interior de São Paulo. O crime aconteceu por volta de 4h30 na edícula em que o casal morava, na rua Afonso Pena, Vila Ilze, após uma discussão motivada por ciúmes, segundo familiares da vítima.

O acusado, Jefferson Gutierrez Fossa, de 33 anos, desferiu várias facadas na mulher, Ana Regina Franco da Silva Moraes, de 38 anos, e depois tentou cortar o próprio pescoço.

Os guardas municipais, que foram à residência após serem acionados por familiares da vítima, encontraram a mulher caída, sem roupas e ensanguentada, no quarto do casal. Ela já estava morta. Em seguida, os agentes localizaram o homem sob o chuveiro, lavando o sangue das mãos e do ferimento.

Fossa disse aos guardas que tinha matado a mulher e tentado se matar. A faca usada no crime foi apreendida. Ele foi levado ao Pronto-Socorro do Hospital Municipal de Itapira, onde foi submetido a uma cirurgia em razão do ferimento.

O corpo de Ana Regina foi levado para perícia no Instituto Médico Legal (IML) de Mogi Guaçu e era velado à tarde no Velório da Saudade. O sepultamento será na manhã desta segunda-feira, 22, no Cemitério da Saudade.

Conforme o obituário, a mulher deixou cinco filhos. O acusado foi autuado em flagrante por feminicídio, mas continuava internado à tarde. Seu estado de saúde não foi informado. Conforme a Polícia Civil, o acusado ainda não tinha constituído advogado para sua defesa.

Tudo o que sabemos sobre:
Itapira [SP]mulherfeminicídio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.