Homem é preso e confessa ter matado adolescente com cadarço no pescoço na Grande SP

Agressor de 28 anos responderá à Justiça por homicídio qualificado e estupro; corpo de Rayane Paulino Alves, de 16 anos, foi encontrado no domingo em estado de decomposição

Jéssica Otoboni, O Estado de S.Paulo

31 de outubro de 2018 | 07h19

SÃO PAULO - A Polícia Civil de Mogi das Cruzes prendeu na madrugada desta quarta-feira, 31, um homem de 28 anos que confessou ter matado a estudante Rayane Paulino Alves, de 16 anos. O corpo dela foi encontrado no domingo em Guararema (SP), com um cadarço enrolado no pescoço. Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, o agressor responderá à Justiça por homicídio qualificado e estupro.

Rayane estava desaparecida desde o dia 21 após sair de uma festa em Mogi das Cruzes (SP). O corpo foi achado já em estado de decomposição em uma mata perto da avenida Francisco Lerário, no bairro do Cambiri, em Guararema.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.