Homem é morto por policiais da Rota na zona oeste de São Paulo

PMs afirmam que suspeito estava armado e atirou quando foi abordado, na região de Pirituba; DHPP vai investigar o caso

Ricardo Valota - O Estado de S.Paulo,

02 Outubro 2012 | 05h47

São Paulo, 2 - Um homem identificado como Alex Claudino dos Santos, de 29 anos, foi morto por policiais militares da Rota (Rondas Ostensivas Tobias Aguiar) por volta de 21h45 dessa segunda-feira, 1, na zona oeste de São Paulo. Os PMs afirmam que ele estava armado e atirou quando foi abordado na Avenida Raimundo Pereira de Magalhães, região de Pirituba.

De acordo com o comando da Polícia Militar, o tiroteio ocorreu depois que Alex dos Santos foi localizado dirigindo um Fiat Uno branco com as mesmas características de um veículo procurado. Segundo a polícia, ele se recusou a parar o carro e tentou fugir, mas bateu em um Logus verde que estava estacionado. Na sequência, ainda segundo relato dos policiais da Rota, o motorista desceu do carro com uma arma na mão e começou a atirar. Os PMs reagiram e balearam o suspeito, que morreu enquanto recebia atendimento no pronto-socorro do Hospital Geral de Taipas.

A polícia diz ter encontrado dentro do Fiat Uno branco uma submetralhadora calibre 9mm, um colete à prova de balas e munição.

O comando da PM não informou se Alex Claudino dos Santos tinha antecedentes criminais e nem qual arma ele usou durante o tiroteio. O caso foi encaminhado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Mais conteúdo sobre:
Rota Polícia Militar Tiroteio

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.