Homem é morto em Guarulhos e ônibus de turismo é incendiado

Rapaz foi assassinado com 12 tiros na noite de segunda-feira, 12; ninguém foi preso

Ricardo Valota,

13 de novembro de 2012 | 08h01

SÃO PAULO - Um homem de 23 anos foi morto a tiros, por volta das 20h de segunda-feira, 12, na Rua Remanso, no bairro Bonsucesso, em Guarulhos, região leste da Grande São Paulo.

Jefferson Silva de Queiroz, de 23 anos, estava com um amigo e foi atingido por vários tiros - ao menos 12, de acordo com a polícia. O colega dele conseguiu fugir e acionou policiais militares do 31º Batalhão. Ao chegarem no local, os PMs encontraram a vítima já morta. Próximo ao corpo havia cápsulas de pistolas calibres 380 e 9mm.

A polícia afirma que Queiroz se envolveu em uma briga em um bar durante a tarde e foi ameaçado de morte. Não se sabe ainda se os dois atiradores são os mesmos que ameaçaram o rapaz. O irmão de Jefferson afirmou que Silva ultimamente andava afastado da família e que já foi levado pela polícia várias vezes para a delegacia. O homicídio foi registrado no 7º Distrito Policial, do bairro São João, pelo delegado Danilo Amâncio Lemos.

Ônibus. Vândalos atearam fogo em um ônibus de turismo na madrugada desta terça-feira, 13, em Guarulhos, na Grande São Paulo. O coletivo estava parado na Rua Monte Carlo, no Jardim Divinolândia, quando alguém, ao passar pelo local, jogou um objeto em chamas na traseira do veículo. Os próprios moradores apagaram as chamas. Não havia pessoas dentro do veículo. Não houve feridos.

Mais conteúdo sobre:
violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.