Homem é morto em Diadema após briga em baile funk

Márcio Cardoso, de 34 anos, levou um tiro na costela; mulher que estava com ele ficou ferida

Luciano Bottini Filho, O Estado de S. Paulo

12 Julho 2013 | 09h55

SÃO PAULO - Um casal foi baleado dentro de um carro após sair de um baile funk em Diadema, na Grande São Paulo, na madrugada desta sexta-feira, 12. Márcio Ramos Cardoso, de 34 anos, levou um tiro na costela e morreu. Ele chegou a ser levado ao Hospital Municipal de Diadema, mas não resistiu. Michelle dos Santos Luzavio, de 25 anos, também foi socorrida e não corre risco de vida. Ela foi transferida ao Hospital Estadual Serraria, em Diadema, com uma fratura no braço esquerdo e fragmentos de disparo de arma de fogo.

Segundo a PM, o casal foi atacado depois de sair do baile, onde teve uma briga com várias pessoas. O crime ocorreu na Rua Prudente de Moraes, esquina com a Ruici Ferraz Alvim, no bairro Jardim Promissão. Eles estavam em um VW Voyage Sport, de acordo com a Polícia Militar, que foi acionada às 2h30 pelo 190. A equipe da 2º Cia do 24º Batalhão informou que não havia testemunhas no local.

O corpo de Cardoso, que segundo a polícia era desempregado, foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Diadema para análise. O caso foi registrado como homicídio qualificado e tentativa de homicídio no 3º DP de Diadema, mas o inquérito será conduzido pelo 2º DP da cidade.

Mais conteúdo sobre:
violênciasão paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.