Homem é detido em SP com relógios e celulares chineses sem nota fiscal

Apreensão aconteceu na região do Brás, no centro da capital paulista

Bruno Lupion, do estadão.com.br

09 de junho de 2010 | 05h19

SÃO PAULO - Centenas de relógios e celulares de origem chinesa acondicionados em embalagens dos Correios, sem nota fiscal, foram apreendidos na tarde de terça-feira, 8, por volta das 16 horas, no Brás, região central de São Paulo.

 

A Guarda Civil Metropolitana (GCM) desconfiou de homens que descarregavam cerca de 120 caixas de uma perua dos Correios para um armazém na Rua Uruguaiana, nº 338, e pediu as notas fiscais dos produtos ao responsável pelo estabelecimento.

 

Como ele não as apresentou, foi detido e encaminhado à Superintendência Regional de São Paulo da Polícia Federal, na Lapa. O nome do homem detido não foi divulgado.

Tudo o que sabemos sobre:
Prisãoimportadosnota fiscalSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.