Homem é baleado por pescar em local proibido

O guarda-civil municipal José Roberto Mendes, de 33 anos, atirou na perna do pedreiro Sílvio Batista Ferreira, de 27, no fim da tarde de sábado, porque ele pescava em um lago público de Araçoiaba da Serra, a 115 km de São Paulo, onde a prática é proibida. O homem, que estava com o filho de 2 anos, continuava hospitalizado ontem. Segundo a polícia, Mendes disse que foi desacatado ao advertir o pedreiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.