Homem é acusado por crime, mas estava preso

A Defensoria Pública de São Paulo ingressou com habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF) em favor de um homem acusado e condenado por praticar um roubo em São José dos Campos, em 5 de junho de 2010, data em que já estava preso por outro crime. O STF negou liminar em agosto, mas ainda vai avaliar o mérito do caso. Além do habeas corpus, a Defensoria também aguarda o julgamento de recurso de apelação no Tribunal de Justiça. O acusado continua preso.

O Estado de S.Paulo

25 Novembro 2011 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.