Homem de 68 anos suspeito de pedofilia é preso na zona norte de SP

O acusado negou ter abusado das crianças e disse que era amigo das meninas

Bruno Lupion, do Estadao.com.br,

20 de setembro de 2010 | 03h49

Um vendedor ambulante de 68 anos foi preso em sua casa na noite de domingo, 19, suspeito de abusar sexualmente de crianças. Ele morava sozinho na Vila Nova Cachoeirinha, zona norte de São Paulo, e supostamente recebia visitas de meninas, o que motivou denúncias anônimas. Duas garotas - uma de 11 anos e outra de 13 - disseram receber R$ 10 para dançar e tirar a roupa.

Policiais já tinham ido à casa na última semana, mas não encontraram ninguém. Por volta das 20 horas deste domingo, foram novamente ao local e viram as duas meninas saindo. "Fomos conversar e elas disseram que ganhavam dinheiro e presentes para dançar e se despir na frente dele", afirmou o sargento Luciano Evangelista. Segundo as jovens, enquanto tiravam a roupa o homem insinuava que queria fazer sexo. "As duas ficaram muito nervosas e começaram a chorar com medo de que os pais soubessem", disse.

O homem, encaminhado ao 13º Distrito Policial (Casa Verde), negou as acusações e disse que era apenas um amigo das meninas, segundo a polícia.

As duas moram em uma favela da região e foram encaminhadas ao Hospital Pérola Byington para realização de exames, enquanto seus pais compareceram à delegacia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.