Homem cai no trilho do Metrô e Linha 3-Vermelha pára em SP

Em algumas estações, as paradas de trens duravam até 15 minutos; o sistema foi normalizado às 18h20

19 de fevereiro de 2008 | 18h27

Em pleno horário de pico da tarde, milhares de passageiros da Linha 3-Vermelha do Metrô - que faz a ligação Corinthians/Itaquera - Palmeiras/Barra Funda - tiveram que enfrentar uma grande confusão na terça-feira, 19. Atrasos e superlotação em todas as estações. A causa não foi uma pane, mas a queda de um homem aparentando 45 anos nos trilhos do sentido Itaquera, na Estação Bresser (zona leste), às 17h40. Cerca de 600 mil pessoas, o equivalente à metade do movimento diário da Linha 3, foram prejudicadas.   Veja galeria de fotos do caos no Metrô     O Metrô vai apurar se foi uma tentativa de suicídio, se o homem foi empurrado ou se foi um acidente causado pelo empurra-empurra na plataforma. O maquinista de uma composição que se aproximava conseguiu reduzir a velocidade, mas o homem ficou preso embaixo do trem. Ele foi socorrido à Santa Casa, depois de ficar por 10 minutos gritando de dor, com ferimentos graves pelo corpo.   O resgate obrigou o Metrô a fechar a Estação Bresser e a adotar uma operação em via única, alternando a passagem de uma composição por sentido. Isso aumentou o intervalo de embarque dos 101 segundos normais para mais de 5 minutos, em média.   Em conseqüência, as plataformas de todas as outras estações da Linha 3 começaram a lotar com a entrada de passageiros. Para evitar tumultos, a segurança foi orientada a restringir a entrada nas catracas, o que provocou uma grande confusão, principalmente nas Estações Sé e Barra Funda. Elas só foram totalmente liberadas 40 minutos depois, às 18h20.   Texto alterado às 23h35 para acréscimo de informações.   (Colaboraram Elvis Pereira, David Moises e Gustavo Miranda, do estadao.com.br, e Daniel Gonzales, do Jornal da Tarde)

Tudo o que sabemos sobre:
Metrô

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.