Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Homem baleado em frente à faculdade tem alta hospitalar

Vítima foi atingida de raspão na cabeça em assalto próximo à Avenida Sumaré, na zona oeste da capital

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

04 de dezembro de 2007 | 10h07

O analista de sistemas Aroldo Batista Gravi, de 37 anos, baleado em frente à Faculdade Sumaré na madrugada desta terça-feira, 4, teve alta durante a manhã. Levado ao Hospital da Clínicas, ele foi baleado de raspão na cabeça e não corria risco de morte. Gravi foi atingido pelo tiro durante um assalto por volta das 23 horas de segunda-feira, 3, em frente à faculdade, que fica na Rua Capote Valente, na zona oeste da capital paulista.  Homem é baleado na porta de faculdade em SP Gravi esperava pela mulher, que estuda Ciências Contábeis na faculdade, quando foi abordado por dois bandidos em outra moto. O garupa desceu e, armado, exigiu que a vítima entregasse o veículo. Baleado de raspão na cabeça, o analista foi encaminhado ao hospital pelo Corpo de Bombeiros. Os ladrões fugiram levando a moto. O veículo foi encontrado por volta da 1 hora desta terça na Rua Comendador Feiz Zarzur, em Pirituba, região noroeste da capital. A dupla segue foragida e as imagens gravadas pelo sistema de segurança da faculdade devem ajudar nas investigações sobre o assalto.

Tudo o que sabemos sobre:
assaltoSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.