Homem atira na cabeça do filho e se mata em São Paulo

Jovem de 24 anos descobriu que era traído pela mulher e resolveu se vingar; criança de 2 anos segue internada

Josmar Jozino, do Jornal da Tarde,

01 de maio de 2008 | 01h24

Inconformado com a traição, Sidney da Luz Nascimento, 24 anos, fez reféns a mulher Roberta Silva Guimarães Dutra, 25 anos; o filho, Artur do Nascimento, 2 anos; e a sogra, Francisca Guimarães, 50 anos, durante duas horas, na noite de quarta-feira, 30, no Centro da Capital. A polícia cercou o local. Armado com revólver 32, ele atirou na cabeça da criança e cometeu suicídio. O menino está internado em estado grave na Santa Casa de Misericórdia. A tragédia aconteceu no apartamento 228 do prédio número 240 da Rua Mauá, na Luz. Segundo o tenente-coronel Paulo Adriano Telhada, comandante do 7º Batalhão, Nascimento descobriu que sua mulher tinha um relacionamento extraconjugal e decidiu se vingar. Transtornado, Nascimento fez a família refém às 19h20. A PM foi avisada. Telhada e outros 40 PMs cercaram a área e isolaram parte da rua. O oficial contou que chegou a negociar com o homem. "Ele parecia tranqüilo e disse estar disposto a liberar os reféns", contou. Nascimento até colocou o filho para conversar com o tenente-coronel. "As negociações caminhavam bem. Mas, por volta das 21h20, ele pôs fogo no apartamento e agrediu a sogra a coronhadas. A mulher entrou em luta corporal com ele. Ouvimos o primeiro disparo e invadimos o imóvel. Em seguida escutamos o segundo disparo." Nascimento morreu no local. Até as 23 horas de quarta-feira, a criança passava por cirurgia. A delegada Elizabete Galvão, do 3º DP (Campos Elíseos) ia registrar a ocorrência. Telhada afirmou que Nascimento já tinha tentado se matar há 15 dias. Acrescentou ainda que a família do desempregado tem histórico de suicídio e que o irmão dele se matou há 6 meses.

Tudo o que sabemos sobre:
tragédiasuicídio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.