Helicóptero que caiu levava noivo para festa

Danilo não saiu do hospital a tempo de casar, mas parentes e amigos mantiveram a comemoração

NATALY COSTA, O Estado de S.Paulo

21 de agosto de 2012 | 03h03

O helicóptero que caiu anteontem entre Arujá e Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo, levava um noivo para sua festa de casamento. Danilo Everson dos Santos Rosa, de 24 anos, e a mãe, Maria de Lourdes Rosa, de 49, eram levados pelo piloto Rodrigo Batista Lemos para o Sítio Recanto dos Sonhos, onde aconteceria a festa. O helicóptero, que decolou do Campo de Marte, teve problemas no motor a 2 km do local e o piloto teve de fazer um pouso forçado em uma região de mata fechada.

Os três tiveram apenas ferimentos leves e passam bem. O piloto e Maria de Lourdes foram levados ao Pronto-Socorro de Arujá, mas tiveram alta ainda no domingo. Danilo foi levado para o Hospital Santa Marcelina, em Itaquaquecetuba, onde passou por exames e teve alta ontem.

Morador de Guarulhos e torcedor do Palmeiras, Danilo é noivo de Roana Gomes, com quem se casaria às 15h do domingo. Os convidados - tinha até ônibus com parentes de outras cidades - já estavam no local da festa quando o pai da noiva ficou sabendo do acidente.

Segundo o Estado apurou, a noiva e a família ficaram em estado de choque até chegar a segunda notícia: estava tudo bem com os três. Danilo teria alta ainda naquela tarde e chegaria a tempo de casar.

A festa foi retomada com música e tudo e só acabou por volta das 21h, quando a última pessoa da família foi embora. O noivo, porém, não saiu do hospital a tempo de trocar alianças.

Outra queda. O mesmo helicóptero, um Robinson R44 prefixo PT-YPY, já havia se envolvido em um acidente em 2000, quando pertencia à frota da América Air Táxi Aéreo. Hoje, é um helicóptero particular e tem todas as licenças em dia, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

O caso está sendo investigado pelo Serviço Regional de Proteção ao Voo 4 (Seripa 4) e um inquérito foi aberto na delegacia de Itaquaquecetuba.

O último acidente de helicóptero em São Paulo aconteceu em julho na Lapa, zona oeste da cidade. Duas pessoas morreram.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.