Hélvio Romero/Estadão
Hélvio Romero/Estadão

Helicóptero da PM sofre pane e pousa na Marginal do Pinheiros

Aeronave foi acionada para socorrer policial atropelado durante perseguição a um suspeito de roubo que fugia de motocicleta

Juliana Diógenes, O Estado de S. Paulo

18 de setembro de 2015 | 12h48

Atualizada às 14h32

SÃO PAULO - Um helicóptero Águia, da Polícia Militar, sofreu uma pane por volta do meio-dia desta sexta-feira, 18, na pista expressa da Marginal do Pinheiros, altura da Ponte Jaguaré, sentido Rodovia Castelo Branco. A aeronave foi retirada às 13h50, segundo a Companhia de Engenharia do Tráfego (CET). 

O grupamento aéreo da PM recebeu um alerta às 11h para socorrer um policial que foi atropelado na Avenida das Nações Unidas, próximo à Rua da Paz. O acidente ocorreu durante perseguição a um criminoso que fugia de moto após praticar um roubo.

No caminho, o helicóptero sofreu pane e pousou na altura da Ponte Jaguaré. Um técnico da PM está no local para avaliar o ocorrido. Às 12h30, a aeronave ocupava duas faixas da pista expressa. Segundo a CET, logo após o acidente, o congestionamento na capital chegou a 105km, ultrapassando a média para o horário.

Agentes da CET foram acionados e orientam os motoristas. A via chegou a ficar totalmente bloqueada, por volta das 11h. 

De acordo com a PM, na perseguição, o indivíduo em fuga desobedeceu a ordem de parada e atropelou o agente policial, que ficou ferido. O Corpo dos Bombeiros foi chamado e fez o primeiro atendimento. Com a pane do helicóptero Águia, o policial foi atendido por via terrestre e levado para o hospital.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.