Hebe vira nome de avenida

A Avenida Perimetral, na zona sul de São Paulo, vai ganhar o nome da apresentadora Hebe Camargo, que morreu no último sábado, aos 83 anos.

O Estado de S.Paulo

04 Outubro 2012 | 03h04

A escolha da via não é ao acaso, afirma o prefeito Gilberto Kassab (PSD). "Até porque é perto da residência dela, será a avenida onde fica o CEU (Centro Educacional Unificado) com um teatro que também vai se chamar Hebe Camargo", disse Kassab, que assinou decreto ontem dando nome à via.

O anúncio foi feito em meio à polêmica envolvendo a avenida. Sem conseguir autorização para retirar cerca de 20 árvores que ficam no meio da via, uma empreiteira contratada pela Prefeitura asfaltou ao redor da vegetação. Mesmo ainda em construção, a via vem sendo usada por motoristas. Agora, os carros que passam pelo local têm de desviar das árvores.

"Houve um atraso no início da pavimentação e, com isso, acabou vencendo a autorização que a Secretaria do Verde e Meio Ambiente havia dado para a retirada das árvores", justificou o prefeito. Segundo ele, a empresa só colocou uma camada de asfalto para que não houvesse solapamento da área.

A novela envolvendo a Avenida Hebe Camargo deve terminar ainda nesta semana, garante a Prefeitura. Ontem, o secretário adjunto de Infraestrutura Urbana e Obras, Luiz Ricardo Santoro, assinou Termo de Compensação Ambiental (TCA) que autoriza a retirada das plantas. A permissão deve ser publicada hoje no Diário Oficial. Com isso, até amanhã a vegetação será removida. / A.R.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.