Haddad tentará obter R$ 3 bilhões com títulos

Foi publicado nesta quarta, no Diário Oficial da Cidade o conjunto de regras que permitirá à Prefeitura arrecadar dinheiro com a venda de Certificados de Potencial Adicional de Construção

Adriana Ferraz, O Estado de S. Paulo

13 Agosto 2014 | 19h19

SÃO PAULO - Foi publicado nesta quarta-feira, 13, no Diário Oficial da Cidade o conjunto de regras que permitirá à Prefeitura arrecadar cerca de R$ 3 bilhões com a venda de Certificados de Potencial Adicional de Construção (Cepacs) para um eixo da zona oeste da cidade, que vai da Lapa à Barra Funda.

Com a regulamentação da Operação Urbana Água Branca, a gestão Fernando Haddad (PT) já pode programar a venda dos títulos na bolsa de valores. Os Cepacs são destinados a empresas que pretendem construir empreendimentos com metragem acima do permitido por lei. Estima-se, na operação, um potencial para mais de 20 mil unidades habitacionais. 

Mais conteúdo sobre:
Fernando Haddad São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.