JOSÉ PATRÍCIO/ESTADÃO
JOSÉ PATRÍCIO/ESTADÃO

Haddad prorroga prazo para pedido de alvará provisório

Solicitação para comércios que funcionam em imóveis de até 1.500 metros quadrados poderá ser feita até 2018

Adriana Ferraz, O Estado de S.Paulo

26 Julho 2016 | 15h31
Atualizado 27 Julho 2016 | 07h41

SÃO PAULO - O prefeito Fernando Haddad (PT) sancionou o projeto de lei que prorroga o prazo para comerciantes solicitarem o alvará provisório de funcionamento. Agora, o pedido poderá ser feito até 31 de março de 2018. O benefício é concedido a estabelecimentos que funcionam em imóveis irregulares e tem duração de quatro anos.

De autoria do vereador Ricardo Nunes (PMDB), o projeto recebeu o apoio de outros 40 parlamentares e foi votado em definitivo pela Câmara Municipal em 30 de junho. O alvará provisório foi criado em 2011, ainda na gestão de Gilberto Kassab (PSD), para beneficiar construções com até 1,5 mil m² com dificuldades em obter o Habite-se. Com ele, o comércio pode funcionar durante o processo de regularização do imóvel.

A licença pode ser solicitada pela internet, no portal da Prefeitura.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.