Haddad nega omissão e diz que dados sobre verba foram divulgados

Haddad nega omissão e diz que dados sobre verba foram divulgados

Ele disse que não quis esconder fato de que Prefeitura economizou R$ 748 milhões da verba para pagamento de dívida com a União

O Estado de S. Paulo

02 Dezembro 2014 | 17h33

SÃO PAULO - O prefeito Fernando Haddad (PT) afirmou na tarde desta terça-feira, 2, em entrevista à TV Estadão, que não se omitiu nem quis esconder de ninguém o fato de que a Prefeitura conseguiu economizar R$ 748 milhões em 2013 da verba reservada para pagamento da dívida com a União. 

Reportagem publicada na edição desta terça do Estado revela a redução no repasse feito pelo Município ao governo federal e cita que o prefeito não se manifestou publicamente sobre ela justamente no ano em que propôs o reajuste do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Esse montante equivale a 95% do recurso extra de R$ 789 milhões almejado por Haddad com a alta no imposto.

De acordo com Haddad, a divulgação desse dado foi feita de diversas maneiras, como no Diário Oficial da Cidade e no Boletim de Transparência Fiscal 2013, publicado pela Secretaria Municipal de Finanças e encaminhado a 700 pessoas, incluindo representantes da imprensa. A informação, no entanto, não foi citada publicamente pelo prefeito em agendas oficiais, diferentemente de outras cifras também economizadas pela atual gestão - segundo o prefeito, a renegociação dos contratos com terceiros, por exemplo, rendeu R$ 800 milhões ao Município.


À TV Estadão, Haddad afirmou que nunca se nega a passar qualquer tipo de informação quando solicitada. "O próprio Estadão, em junho de 2013, deu uma matéria de Brasília falando de uma medida provisória que punha ordem numa relação da Prefeitura com a União em relação ao Cepacs (títulos imobiliários vendidos pelo Município para construtoras que desejam erguer prédios acima do limite permitido em lei). Defendemos uma tese e fomos vitoriosos. Além de ter sido objeto da matéria do próprio Estadão, também foi objeto de vários decretos no Diário Oficial, além de compor um relatório financeiro da Prefeitura. O balancete está publicado no site", afirmou.

"Não me omiti de jeito nenhum sobre isso. Esse boletim foi publicado pela primeira vez pela Prefeitura na minha gestão. Ganhamos um prêmio da Fundação Getúlio Vargas como o ente federativo mais transparente."

Mais conteúdo sobre:
Fernando Haddad IPTU São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.