Haddad elogia Kassab e fala em 'convergências' com prefeito

Diplomado nesta quarta pela Justiça Eleitoral, futuro gestor da cidade agradeceu a colaboração do atual responsável pela capital durante a transição

Diego Zanchetta e Adriana Ferraz,

19 de dezembro de 2012 | 12h25

Atualizada às 13h18

SÃO PAULO - Ao discursar durante a cerimônia de diplomação do prefeito e dos vereadores da capital paulista na Sala São Paulo, nesta quarta-feira, 19, o prefeito eleito Fernando Haddad (PT) elogiou Gilberto Kassab (PSD) e falou em "convergências" com o atual responsável pela cidade.

Haddad lembrou que foi eleito com a bandeira de que tudo iria mudar em São Paulo, com ataques à atual gestão, mas agradeceu a colaboração de Kassab na saída do governo."Quero aqui dar meu testemunho sobre o espírito republicano que o prefeito kassab vem tendo durante a transição, nos fornecendo 100% de todos os dados de projetos, obras. Kassab tem se mostrado um homem comprometido com o futuro da cidade. Na democracia, o período de eleições é para discutir as divergências. Passadas as eleições, se discutem as convergências".

Questionado pela reportagem no final do discurso sobre a mudança de tom em relação às eleições, Haddad disse: "Não tem porque ter um governo de descontinuidade".

Marco Aurélio Cunha, líder do PSD na Câmara, seguiu a mesma linha:"Não tem motivos para criticar o kassab, foi um governo excelente que a sociedade vai saber reconhecer".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.