TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO
TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO

Haddad diz que aguarda R$ 200 milhões do PAC para iniciar obra no Córrego Ipiranga

Segundo prefeito, obra está licitada e licenciada, aguardando apenas o depósito do dinheiro do governo federal

Juliana Diógenes, O Estado de S. Paulo

17 de março de 2015 | 18h04

Atualizada às 12h55 do dia 18/3

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), disse nesta terça-feira, 17, que aguarda a liberação de R$ 200 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para iniciar as obras de drenagem do córrego Ipiranga, na zona sul da capital. Com as fortes chuvas da tarde desta segunda-feira, o riacho transbordou e bloqueou o trânsito na região do Ipiranga, área conhecida por alagamentos.

"A obra está licitada, licenciada e só preciso do depósito da União para começar. Depositado o recurso, começo no dia seguinte", afirmou o prefeito. 

Haddad disse que conversou com o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na manhã desta terça-feira e  aguarda uma resposta do governo federal sobre a data de repasse das verbas da União. 


Segundo o prefeito,  Barbosa foi "encarregado pela presidente Dilma de dar a data do repasse para o início das obras de drenagem na cidade que já estão licitadas". São oito projetos de drenagem prontos para serem executados: Tremembé, Paciência, Ipiranga, Zavuvus, Aricanduva, Ribeirão Perus, Paraguai e das Éguas.

A ação no córrego Ipiranga é parte de pacote anunciado pelo governo federal em junho do ano passado, que prevê R$ 2,6 bilhões para obras de drenagem e transporte em São Paulo. Segundo Haddad, a obra no Ipiranga não envolve desapropriação, pois será feita em área pública.

Na região do Ipiranga, estão previstas obras de canalização de córrego com a construção de um reservatório, ampliação e adequação hidráulica da Lagoa Aliperti, ampliação do canal do Ipiranga desde o Viaduto Aliomar Baleeiro até a Avenida Bosque da Saúde. Também estão dentro do pacote a construção de um canal extravasor da Lagoa Aliperti até o reservatório junto às alças do Viário do Viaduto Aliomar Baleeiro. 

Segundo o Ministério das Cidades, Ribeirão Perus está em ação preparatória para licitação. A obra prevê a implantação de parque linear associado a reservatórios de amortecimento de cheias.

A Pasta informou ainda que também estão em ação preparatória para licitação, com canalização de córrego, os córregos de Tremembé, Uberaba/Paraguay/Éguas e Paciência. Ainda segundo o ministério, três córregos estão em licitação: Ipiranga, Zavuvus, Bacia do Aricanduva.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.