Nilton Fukuda/AE
Nilton Fukuda/AE

Haddad declara de utilidade pública área no Jardim Iguatemi

Ação para reintegração de posse foi iniciada na manhã de terça, mas suspensa durante a tarde

Ricardo Carvalho, Agência Estado

27 Março 2013 | 08h50

O prefeito de São Paulo Fernando Haddad declarou, na terça-feira (26), de interesse social para desapropriação pela Cohab a área do Jardim Iguatemi, que foi alvo de uma ação de reintegração de posse, também na terça-feira. O decreto foi publicado nesta quarta no Diário Oficial do Município. O terreno de 130 mil metros quadrados foi declarado como necessário para a implantação de programa habitacional.

Na terça-feira, a ação de reintegração de posse foi suspensa por volta das 13 horas, após intervenção da prefeitura e do governo do Estado. No local, moram cerca de 700 famílias.

De acordo com o advogado da Associação de Moradores Pinheirinho 2, Ricardo Sampaio Gonçalves, após a suspensão da operação pela polícia os moradores da área retornaram às suas casas. Às 10 horas da manhã desta segunda-feira, Gonçalves se reúne com os moradores para anunciar a medida.

Mais conteúdo sobre:
Jardim Iguatemi desapropriação

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.