Há dois anos, Mackenzie obteve benefício parecido

A Câmara Municipal de São Paulo já teve uma discussão parecida à do imóvel da Apamagis há cerca de dois anos. Foi em dezembro de 2008, quando o prefeito Gilberto Kassab (DEM) também conseguiu autorização do Legislativo para vender sem licitação pública um terreno de 10 mil metros quadrados anexo à Universidade Presbiteriana Mackenzie, na Rua Maria Antônia, na Consolação, região central da cidade.

Rodrigo Burgarelli e Diego Zanchetta, O Estado de S.Paulo

18 de novembro de 2010 | 00h00

A área era usada pela instituição de ensino desde 1955. O valor do imóvel foi estipulado em R$ 28,9 milhões e vendido ao próprio Mackenzie, cujo prazo para quitar a quantia expira em 2014. Na época da alienação ao Mackenzie, especialistas avaliaram o terreno anexo da Rua Maria Antônia em R$ 42 milhões - 68% a mais do que o preço a ser pago pela universidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.