Guindaste tira caminhão que afundou em alameda de Moema

Trânsito vai ficar interditado por quatro dias para reparos na tubulação; apenas moradores terão acesso

da Redação,

13 de novembro de 2008 | 12h43

O caminhão de lixo que afundou na Alameda dos Guaramomis, em Moema, na madrugada desta quinta-feira, 13, foi retirado do local por um guindaste por volta das 10h40, segundo informações da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Após a retirada do caminhão, funcionários da subprefeitura da Vila Mariana começaram a trabalhar no local. O trânsito ficará interditado por quatro dias, segundo informações da subprefeitura. Neste período será permitido apenas o trânsito local. O caminhão levava 5 toneladas de lixo e passava pelo cruzamento com a Avenida Jurema por volta das 2 horas desta quinta. O asfalto cedeu e abriu um buraco de cerca de 5 metros de largura por 3 metros de profundidade. A traseira do caminhão foi tragada e o veiculo ficou preso no local. A galeria pluvial foi rompida por conta do acidente. Após o caminhão ser retirado do local, a subprefeitura avaliou que a tubulação no poço de visita - que faz a interligação das galerias - foi danificado. Por conta dos danos, terá que ser totalmente reconstruído, segundo a subprefeitura. Apesar do rompimento da galeria, o fornecimento de água na região não foi interrompido. Devido às interdições no trânsito, a CET sugere que os motoristas usem como alternativa a Alameda dos Tupiniquins ou a Alameda dos Jamaris.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.